29 junho 2007

Por que os escândalos não abalam a imagem de Lula

Um grande jornal O Estadão de São Paulo, no qual eu confio 100% por sua imparcialidade na divulgação da notícia, publicou dia 26/06/2007 uma coluna OPINE:
Por que os escândalos não abalam imagem de Lula? Veja abaixo o texto do jornal e reflita junto comigo, no pé desta menssagem .
SÃO PAULO - Pesquisa CNT/Sensus identificou que as denúncias sobre o suposto tráfico de influência no Executivo e Judiciário do irmão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva são conhecidas por 74,1% dos entrevistados. O mesmo levantamento mostra que a avaliação de Lula registrou um leve aumento 64% (junho) contra 63,7% (abril). Mais uma vez, a imagem do presidente não é abalada com escândalos, nem mesmo com o caos aéreo e a crise no Senado envolvendo Renan Calheiros (PMDB-AL), seu aliado.
Genival Inácio da Silva, o Vavá, irmão de Lula, foi indiciado pela Polícia Federal por tráfico de influência, mas ficou de fora da lista de acusados no esquema da máfia dos caça-níqueis que o Ministério Público encaminhou à Justiça. Já Renan é acusado de ter despesas pessoais pagas por um lobista.
Para o cientista político Marco Antônio Carvalho Teixeira, o resultado é uma prova de que o presidente se mantém numa espécie de efeito teflon, ou seja, continua imune às crises que atingem o seu governo desde o escândalo do mensalão no ano passado. E atribui a antiaderência do presidente aos bons resultados da economia: "As pessoas estão comprando mais e a impressão é que o País está sendo bem administrado".
Minha opinião: O Presidente Lula já provou que é limpo , entrou e vai sair limpo e o povo brasileiro não é idiota e sabe muito bem em quem confia. E cá entre nós: sabemos perfeitamente que não deve estar sendo fácil para O Lula conviver com tanto roubo e tanta confusão dentro do seu governo. Felizmente estamos numa democracia e o resultado desta transparência democrática é a possibilidade de sabermos quem é quem no cenário político brasileiro.
Por Alda Inacio


Um comentário:

GIL disse...

Obviamente que em democracia nós temos acesso a informação que de outra forma nos era vedada. Isso faz parecer que há mais escândalos mas a verdade é que o facto de serem conhecidas as irregularidades é meio caminho andado para as combater. Acredito em Lula mas como sou de Portugal não domino bem tudo o que está em causa. Gostei deste blogue, por isso, voltarei.

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.