15 outubro 2007

BUSH TEM MEDO DO MERCOSUL

No seu discurso de sábado 13/10, o presidente Bush deixou bem claro o que eu havia falado aqui na postagem "Brasil e Venezuela: não necessitamos de um líder". Os americanos temem o agrupamento dos cinco países : Brasil, Uruguai, Argentina, Paraguai e Venezuela e suas palavras foram: precisamos diminuir rapidamente a pressão de países emergentes como a Venezuela.
Ora, está claro que o presidente Hugo Chavez não é bem visto pelos americanos pois impetrou um golpe de estado para abarcar-se do poder. No entanto o Brasil não tem nada a temer e às vistas de Bush somos até certo ponto protegidos. Queríamos isto? Sim e não !
Quando o presidente Lula foi empossado na presidência do Brasil uma de suas primeiras viagens foi à Washington e na época eu mesma condenei sua atitude. Por que devemos lamber as mãos dos americanos?
No entanto, pouco a pouco foi-se percebendo as táticas políticas de Lula: consenso, diplomacia, ética, educação e eu mesma fui entendendo que nós não estamos mais em época de batalhas. Mas, Bush não pensa assim. Ele é um homem de guerra e tenta combater a violência usando a violência.
Hugo Chavez tenta impor-se como líder sul americano, ainda mais forte depois da entrada da Venezuela no Mercosul em 2006 e para evitar problemas futuros, Bush quer podar as asas de Hugo Chavez, já que ele é o único do grupo Mercosul a querer impor-se como líder sul americano.
Por outro lado, Bush tem pressa de fechar o Tratado de Livre Comércio (TLC) com Panamá, Perú, Colômbia e Coréia do Sul. Veja aí o jogo americano tentando impedir uma futura incursão do Perú e Colômbia no Mercosul, que poderia gerar pânico mais ao norte das Américas.


Por Alda Inacio (explicando que as opiniões colocadas aqui são pessoais, pelas quais assumo a inteira responsabilidade)

3 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Claro que Bush tem medo da Merconsul. O Bush quer dominar o mundo contra tudo e contra todos e não quer que sobre nada para ninguém nem um grão de areia. E se sobrar um grão de areia tem que ser em países seus aliados ou que ele possa dominar.

Tianita disse...

Nosso brasilsão é poderoso Alda e pode despertar cobiça, deasavença parabens pelo blog, Tiana

antonio disse...

O Bush não existe. Não se preocupem com falácias. Os povos deviam de dar as mãos, brancos, pretos, índios, brasileiros, portugueses, americanos e até podemos incluir os espanhóis ;)

Mas não deixemos que fantasmas, espantalhos de plástico se intrometam nesse caminho... por isso digo-vos o Bush é uma invenção para assustar criancinhas.

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.