13 outubro 2007

NOTA ZERO PARA O NOBEL DA PAZ 2007

Esta postagem pode ferir meio mundo, nada li sobre o assunto e assumo a minha responsabilidade pessoal por estas palavras ditas aqui. Tudo menos um americano como Nobel da paz em se tratando de aquecimento global. Al Gore, ex vice-presidente ganhou este prêmio simplesmente porque fez um documentário que recebeu o Oscar deste ano. Eu daria ainda assim o Oscar para o documentário, mas não daria o Nobel da paz por outras razões e uma delas é que fazem anos que o mundo vem lutando no sentido de alertar os dirigentes de diversos países para os problemas GRAVES climáticos e os ESTADOS UNIDOS nada fizeram, até aqui, para melhorar o problema. Eles são os maiores poluidores do planeta e somente agora na metade de 2007 é que Bush deu uma palavra favorável ao assunto.
Portanto minha nota é ZERO para este Nobel da paz 2007.

O debate está aberto: quem quiser dizer o contrário fique à vontade.

Por Alda Inacio

15 comentários:

J.G. disse...

Não sei se são mesmo os mais poluidores, mas são certamente dos que mais poluem e maior responsabilidade têm para diminuir a poluição no seu território.
O Sr. Al Gore fez parte de uma administração americana. Ora, não pensando eu que um indivíduo tenha que ser punido só porque tem uma nacionalidade determinada, creio que no caso a atribuição do Prémio é, mais uma vez, uma decisão que terá mais de política do que de justa.
Estes Nobel, cada vez mais, são altamente polémicos.

Abraço.

7 Pecados Mortais disse...

Amiga, apesar da intenção do All Gore ser boa, não é uma novidade. Custa-me crer que um senhor que leva rios de dinheiro por cada conferência de imprensa, receitas de livros e Dvd´s e anda de jacto pelo Mundo fora, seja propriamente um Prémio Nobel da Paz.Para mim foi uma nomeação de carácter Política-Social-Económica. É sem dúvida um interesse de ordem Mundial e este senhor através dela, decidiu encher o seu "mealheiro" pessoal. Há muitas personalidades que praticam o bem pelo Mundo sem encher "mealheiros" e que não são distinguidos. Na minha opinião pessoal gostava de ver o prémio entregue ao vocalista da U2 - Bono Vox, mas eu sou suspeito. Beijos para a Alda.

Silvia Madureira disse...

Eu não sei em que factos se baseiam para atribuir um Nobel da paz mas pelo que referes (não conheço muito do assunto sou sincera) não havia muitos motivos para lhe ser atribuído a ele...por umas palavras bonitas?

A única coisa que sei é que a paz está cada vez mais longínqua.

beijo

Crítica e denúncia disse...

Acho que não se fazem mais herois como antigamente...tantos morreram sem prêmio e agora controem-se a si mesmos os herois baseado no capital. Beijo a todos, Alda

Boris disse...

Não posso compreender como é possível dar um Prémio Nobel da Paz a um americano também ele responsável pelas políticas de guerra e de destruição.
Há pessoas que querem mudar a sua face para acentuar o seu protagonismo no mundo dando uma falsa ideia de regeneração e moralidade.

NINHO DE CUCO disse...

É quase pornográfico atribuir um Nobel da Paz a Al Gore. Um ex-presidente d eum País que protagoniza a guerra, que tem lançado a morte e a humilhação no mundo? Um país que usa e abusa de indústrias poluentes porque são tecnologias mais baratas?
Estou contigo, Alda, um abraço.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Querida Alda
Gostei imenso do teu comentário aqui e faço minhas as tuas palavras. É pena que tudo esteja ao serviço dos poderosos.
Os Estados Unidos são aquilo que são. Muitos dos próprios americanos o reconhecem. Os Estados Unidos não assinaram o protocolo de Quioto porque querem produzir mais e mais barato sem se importarem com os impactos ambientais. O Sr.Al Gore não é alheio a tudo isso.
Olha Alda eu sei muito pouco de informática e de blogues mas se houver algo que queiras e possas transferir para o teu está avontade. A solidariedade é universal, a palavra também e tu és uma alma gémea que eu tenho na blogosfera. Um abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Querida Alda
Gostei imenso do teu comentário aqui e faço minhas as tuas palavras. É pena que tudo esteja ao serviço dos poderosos.
Os Estados Unidos são aquilo que são. Muitos dos próprios americanos o reconhecem. Os Estados Unidos não assinaram o protocolo de Quioto porque querem produzir mais e mais barato sem se importarem com os impactos ambientais. O Sr.Al Gore não é alheio a tudo isso.
Olha Alda eu sei muito pouco de informática e de blogues mas se houver algo que queiras e possas transferir para o teu está avontade. A solidariedade é universal, a palavra também e tu és uma alma gémea que eu tenho na blogosfera. Um abraço

Crítica e denúncia disse...

Era o banner para colocar-te na lista dos meus favoritos e acabei usando o bonequinho que lindinho do troféu visitante, agora deixo ele lá nos sites sugeridos. Abraço forte, Alda

NÓMADA disse...

Eu concordo com o que diz o meu parceiro 7 pecados mortais. Um Nobel da Paz tem que ter um cariz humanístico e alguma humildade. E que paz é que o homem trouxe para a terra sempre em lutas do mais desumano que há e com forte intervenção dos americanos?

Menina do Rio disse...

Também não li e me eximo de compactuar da opinião de quem o indicou.
Quanto ao que deixastes no meu humlide cantinho, o que tenho a dizer é que o Amor não parte, nem se esvazia, porque ele nasce em morre conosco. Quando sorrimos a algúem é amor; quando damos a mão, é amor e quando contemplamos uma flor, também é amor. Mas se te referes ao amor sensual erótico, ele também não partiu, nem esvaziou-se. O vazio que te referes foi deixado, não pelo amor, e sim, pelo objeto do teu amor, representado na imagem de alguém...

Nos anos 70 havia um cantor popular chamado Antonio Marcos que escreveu algo que nunca mais esqueci:

" O facto real de apaixonar-se é uma necessidade existente, que faz com que a pessoa que por si só já é um apaixonado, vá procurar alguém que satisfaça essa sua necessidade e que possa alimentar sua fome de amor".
Eu assino embaixo!

Deixo um beijo no teu coração e tem uma ótima semana!

Menina do Rio

http://recantodaalma.blogspot.com

Menina do Rio disse...

Agora já sei que te chamas Alda. Pois bem Alda! Depois que comentei rolei a barra e vi a enquete no final do teu blog. Ia sair, mas tem coisas que não me deixam calar... Nunca vou entender a raça humana e principalmente se for brasileira. O povo está feliz com o governo de Lula e disposto a reelege-lo em 2010, ao mesmo tempo que vota pelo Parlamentarismo!!!! Haja contradição! Tudo bem que não foi voto de massa, mas inda assim ...

beijos

Crítica e denúncia disse...

Olá menina do Rio...concordo contigo: povinho complicado não é? Mas supomos que na enquete elguns votaram no Lula e outros no parlamentarismos...deu mais de 60% a favor do Lula, sobrou quase 40% para parlamentarismo...e que tal o Lula como primeiro ministro? Pode ser uma boa ! Volto no teu blog para ler o restinho, beijinho ! Alda

guacira disse...

Por considerar que o Sr. Al Gore n�o deve estar "limpo" no que se refere ao Protocolo de Quioto, embora seu document�rio deva ter valor, e mais, n�o por ter nascido "ali", considero imoral que tenha recebido esse Nobel, que deveria ser algo muito s�rio!!...

guacira disse...

Menina do rio...concordo com você; não entendo meu próprio povo!e não me refiro à questão do Parlamentarismo; falo, e assumo, que esse povo tão sofrido e traído (a memória curta, às vezes dilui sofrimentos...), pense em Lula para 2010!
Se, como dizemos, Deus é brasileiro, espero nos livremos desta.Principalmente por causa do povo nordestino (que é o de origem dele - Lula); e eu sou uma privilegiada!...
Obrigada.

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.