21 junho 2008

8 toneladas de cadernos jogados no lixo em São Paulo

Que barbaridade ! E alguém ainda tenta explicar um absurdo destes ?
Isto é Brasil, um país rico, um país de primeiro mundo, um país luxuoso, onde todo mundo come muito bem, onde todo mundo tem trabalho, onde todo mundo estuda, onde nada falta, onde o analfabetismo foi erradicado.... onde a vergonha foi enterrada !
Obviamente podemos jogar fora cadernos e por que não jogar livros? Por que não jogar no lixo a cultura Nacional? Por que não jogar no lixo...a política Nacional!? Ou, os políticos desta vergonha Nacional?
Uma notícia como esta vinda do governo de São Paulo, que ainda tenta explicar que não pagou os cadernos, que não estavam em condições de servir a população carente, para quem os cadernos são doados. Todo mundo sabe como funciona o pagamento a nível governamental. Os fornecedores entregam o produto e esperam meses, muitas vezes anos para ver a cor do dinheiro e agora quem tem culpa nesta situação? Quem vai lá examinar estes cadernos para ver onde está a razão de um absurdo destes?
Um país de miseráveis, pobres, mendigos, um país do desperdício e o povo nas favelas, analfabetos, desempregados, e o luxo do luxo escolhendo qualidade para dar à pessoas (que merecem qualidade por que não?) pessoas que limpam o fiofó com jornal, enquanto toneladas de cadernos são jogados no lixo.
Quantas árvores foram sacrificadas para produzir estas 8 toneladas de cadernos? Vocês têm uma pequena idéia? Pois este é o país do futuro? Será o país do futuro, depois que os políticos Nacionais criarem vergonha na cara.

Isto foi um crime cometido e quem vai pagar por este crime?

Por Alda Inacio
Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.