17 fevereiro 2009

Amazônia: a dificuldade para agradar Gregos e Trorianos

No fim de semana que passou a RTL TVI da Bélgica mostrou uma reportagem sobre a Floresta Amazônica. Nesta reportagem a Polícia Federal estava embrenhada num esforço gigantesco para tentar impedir o desmatamento na Amazônia. Vimos donos de madeireiras sendo presos, multas aplicadas, toneladas de madeira sendo apreendida. Mas o que mais me chamou a atenção foi a reação da população da região de Altamira, indo às ruas protestar contra o fechamento das madeireiras. Estas pessoas, trabalhadores e agentes do desmatamento pediam ao Governo brasileiro uma alternativa de trabalho e isto acaba sendo um ponto delicado da vida nacional. Aliás, entre tantos pontos delicados mais este. De um lado, um país como o nosso é de difícil administração, no caso da Amazônia, ou socorre-se as árvores, ou socorre-se o emprego. Dar uma alternativa de trabalho acaba sendo uma obrigação nada viável para o Governo que não tem esta obrigação. Mas cuidar das florestas, no caso este grande pulmão verde que é a Amazônia, isto é obrigação do Governo e como fazer a população entender e participar, se o fato de preservar a natureza gera fome e miséria?


Estes assuntos chamam atenção na atualidade e lendo na Globo encontrei este link para um aplicativo criado no Orkut http://www.orkut.com.br/AppDirectory.aspx onde você pode fazer a sua denúncia ou potestar contra o desflorestamento da Amzônia. Só não sei como estes protestos podem ajudar a impedir o desmatamento, uma vez que a necessidade de tabalho está acima da compreensão sobre a importância das matas na sobrevivência humana.
Por Alda Inacio
Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.