23 junho 2009

Não há lugar para burca na França

O Presidente da França disse ontem que o uso da burca (véu que as mulheres muçulmanas usam cobrindo os cabelos ") reduz a mulher à servidão e ameaça a sua dignidade". Que horror! Se isto se tornar lei, impedindo o uso da burca na França, a lei tornar-se-á uma violência aos direitos humanos. Qualquer pessoa tem o direito de praticar o culto à sua religião da forma que achar melhor desde que não cause baderna e não é o Estado que vai ditar regras às religiões. Fiquei muito admirada com esta reação do Presidente Sarkozy, pois na constituição Francesa está bem clara a separação entre Estado e religião. Um não pode interferir no outro. Proibir a burca seria quase a mesma coisa que proibir no Brasil os evangélicos de usarem uma camiseta escrita "Jesus te ama".


Aqui não tem lugar para a burca é o mesmo que dizer "aqui não tem lugar para muçulmanos" .

Que absurdo! Grandes presidentes e sem tática para medir o que dizem.


Por Alda Inacio

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.