14 julho 2009

Filhos que viram monstros

Hoje recebi uma charge, fazem 5 minutos de uma pessoa que não conheço mas parece que caiu do céu para o que eu vinha pensando em escrever aqui. Só não vou colar a charge pois acho que o blog começa a ficar pesado para abrir. O canal de TV pesa demais e dificulta o processo. Mas vou falar sobre a frase que disse ser a vencedora em um congresso sobre vida sustentável:

"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Dá para refletir horas nesta expressão e creio que a humanidade vive momentos difíceis, onde as pessoas se estufam cada vez mais batendo no peito, dizendo "Deus está em mim". Que surpresa terão um dia quando Deus disser: você se enganou, eu não te conheço.

Pois mesmo filhos criados no evangelho, criados num lar decente, criados com amor, crescem e viram monstros que os próprios pais não reconhecem mais. Tenho sabido de coisas aos milhares neste sentido. Bastou a questão ser "dinheiro" e os filhos viram o próprio diabo diante dos pais e se duvidar são capazes de matar os próprios pais, como tantos e tantos casos que se espalham pelo planeta. E será que é culpa dos pais estas mudanças de comportamento de crianças que ontem amamentamos no nosso seio, beijamos e acariciamos e demos a ela a vida, o cuidado, o amor? Se olharmos um lar de vários filhos, nenhum é igual ao outro e todos foram educados da mesma maneira. Como explicar isto?


Por Alda Inacio

Lute contra a pedofilia!

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.