03 julho 2009

Minha vida na Bélgica - 8° capítulo

8° Capítulo 

        A deportação

       A vida continuava, apesar da catastrófica falta de trabalho, apenas com a diferença que desta vez eu iria procurar um trabalho por hora e recomeçar a procurar uma possibilidade de estudar filosofia. Tinha nisso uma espécie de delírio que me acometia sempre que me achava depressiva. Pensava em Platão e me sentia numa caverna querendo ver a luz o sol. Ainda não seria desta vez.

A sequência está no livro, visite o site da Editora Perse.


Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.