09 julho 2009

Política, só com deboche e ironia.

Olha gente, estejamos dentro ou estejamos fora do Brasil, nós brasileiros temos a obrigação de participar do que se passa na Nação brasileira. Neste blog eu uso o deboche e a ironia para trocar idéias com meus visitantes e estar presente em tudo que se passa no meu país. Quem não entende deboche e ironia, não entende o que eu escrevo.

Sair na rua com bandeirinhas revindicando "fora Collor", "fora Renan" e "fora Sarney" é válido, mas é engraçado. Sendo esta a única maneira que a população tem para mostrar seu repúdio aos atos praticados na política e no fundo, os políticos devem morrer de rir. Já foi o tempo em que estas manisfestações mudaram o Brasil. Lembro-me muito bem do "diretas já". Mas agora, quem vê eu dizendo algo em relação à política aqui, pode crer que tem ironia e deboche nas entrelinhas.

Vejam só, Collor foi cassado e oito anos depois foi eleito Senador. Isto é um ato sério? Renan sofreu todo o vexame que sofreu com o fora Renan, esconderam-no e ele continuou lá recebendo seu gordo salário sem trabalhar, ou trabalhando na surdina. Isto é sério?

Agora começaram com o "fora Sarney", eu cruzei meus bracinhos e fiquei aqui só rindo, vendo gente indo para a rua com faixas...pobre gente manipulada! Nada disto atinge políticos não, gente! O que precisa é mudar as leis; com leis rigorosas a política fica séria. Os legisladores só fazem leis para melhorar a vida deles e eu vou continuar na arquibancada olhando. O dia que as reivindicações forem sérias eu participo de corpo presente. Sou um grãozinho de areia no oceano, mas estou aqui gritando para quem quer ouvir.Estou fora do meu país de corpo e presente de alma e coração, por um Brasil melhor.

Com carinho a todos.


Por Alda Inacio

Lute contra a pedofilia!

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.