23 setembro 2009

Jovem mata bebê, estupra e mata a vovó em Bruxelas

Gente, não dá para rir com notícia assim. Um psicopata chamado Junior, de 19 anos, preso por morte do pianista Benjamin Rawitz, ganhou liberdade para ir sem acompanhante até sua casa visitar sua filhinha, com 18 meses de vida. Lá chegando ele viu a jovem de 17 anos, mãe de sua filha falando com um homem. Ele fez tocaia, esperou o homem sair e estrangulou a moça que não morreu, mas deamaiou. Ela morava com a avó. O cara pegou o corpo inerte da jovem, colocou sobre a cama, procurou a vovó nos fundos da casa, estuprou a vovó de 76 anos, depois estrangulou a mesma, logo em seguida estragulou o bebezinho de 18 meses. Tudo por ciúmes.


O que se vê nestes últimos tempos é criminosos cada vez mais jovens e os crimes como estes parecem de uma repugnância extrema. Depois de violar, matar a criança e a velhinha, o cara colocou o corpo da criança dentro de um armário, colocou a velhinha embaixo da cama, fechou a porta à chave e partiu para a praia de Oestend, onde foi preso por venda de droga. A moça de 17 anos salvou-se e contou tudo à polícia. Que notícia horripilante heim?


Abraço a todos.

Alda Inacio

Luta contra a pedofilia!

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.