27 outubro 2010

Professora é presa por abusar sexualmente de aluna

O absurdo dos absurdos, cada vez entendo menos o ser humano. Gente, nós os adultos, estamos no mundo para educar as crianças. Nós como pais, como irmãos, como adultos simplesmente temos que educar, ensinar, dar exemplos. Ai meu Deus do céu e o que dizer de uma professora que abusa de alunas? Mas parece ficção, aberração, absurdo! O que podemos esperar depois disto? Não seriam os professores uma continuação dos pais, se a escola é a continuação do lar? Não deveriam estar acima de qualquer suspeita? Não deveriam estar ensinando o bom caminho às alunas?
Prenderam a professora Cristiane Barreira, de 33 anos quando ela chegava à casa da mãe no bairro de Realengo, zona oeste da capital fluminense. Ela é professora  de matemática da rede municipal do Rio de Janeiro e foi presa na madrugada desta quarta-feira. Foi acusada de manter relações sexuais com duas adolescentes, ambas de 13 anos, que eram suas alunas. Mas o que é isto gente?

Uma das adolescentes estava desaparecida desde segunda feira. O desaparecimento havia sido dado queixa e havia reclamação da mãe da menina sobre os assédios da professora. Os policiais civis foram até a casa da professora e souberam pelo marido da acusada que ela estava desaparecida, também, desde segunda-feira. Associaram os desaparecimentos e não deu outra. A professora confessou que tinha um relacionamento com a menina e com mais outra menina ainda não identificada.

A professora irá responder pelos crimes de estupro de vulnerável e corrupção de menores e, se for condenada, poderá cumprir uma pena de 15 até 30 anos de prisão. Estou abismada!

Coitada da nossa juventude nas mãos de aproveitadores como esta professora? Graças a Deus que 99% dos professores brasileiros são de extrema confiança. Que vergonha olhar a foto desta bandida aqui no jornal.

Por Alda Inácio

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.