03 novembro 2010

Virada de 360° na vida, estarei de férias por 30 dias

Eu devo uma explicação aos visitantes deste espaço, portanto,  não vou abandonar o trabalho sem explicar as razões. Vou parar as postagens e  voltarei no mês do Natal e sei que minha ausência não diminuirá o fluxo das visitas porque temos aqui 436 textos que trazem visitantes de todos os lugares do Brasil e do mundo.

Nestes dias de descanso vou dedicar meu tempo a estudos de textos religiosos; sinto a necessidade disto neste momento de transição de vida. Vou estar em breve de mudança. Saio de São Paulo para habitar uma de minhas casas em Goiás. Vou estar frequentando uma igreja Presbiteriana ao chegar lá. Foi decisão tomada bem sintomática a tudo que vivi e senti nestes anos passados.

Chega um momento em que a gente se pergunta: valeu a pena tudo que foi vivido? Você foi feliz no percurso? Vale a pena continuar? E depois de anos de indagações,  diante da realidade, a gente percebe que só foi feliz enquanto seguiu os bons caminhos da fé. Arrisco até uma pergunta ao visitante: você já fez o exercício da contemplação? Ou adoração? Isto em relação a Deus, já fez? Eu experimentei algumas vezes e foram momentos de imenso prazer. Então fico me indagando: porque viver sem rumo, vagando pelo mundo e acabar meus dias assim? Minha finalidade ao sair da Europa era buscar uma paz total, onde alma, coração e físico tivessem a plenitude harmoniosa do prazer de viver. Para alguém como eu que experimentou a Cristo e sou batizada no evangelho, posso comparar o que seja harmonia de vida e rebuliço de vida. Hoje aqui, amanhã ali. Pode parecer bom para uns, não está sendo para mim. Preciso do meu canto, do meu jardim, do meu filhote André perto de mim e de muita paz. Pensei, pensei e descobri onde encontrar o que preciso.

E para fazer esta transição de vida vou sair de férias por uns dias. Peciso estudar, ler, compreender a fé para a qual Deus está me chamando. A igreja que escolhi difere completamente daquela que um dia eu segui. Ali na Presbiteriana vou colocar em prática a adoração ao mesmo Deus das outras religiões, com o acréscimo de vivenciar a Predestinação, ou Eleição, cujos valores divergem de outras igrejas como a Batista, onde eu fui batizada. Eu tenho visto na minha vida a predestinação, nas vezes em que tentei ir para um caminho e Deus me levou para outro. Eu precisei ser testada a fundo, até compreender. Difícil de explicar.

Talvez eu volte a este blog só ano que vem e deixo aqui meu carinho para com meus seguidores e visitantes. Neste espaço consegui   um feito inédito ao manter um nível de visitas crescente mesmo depois de ter deixado de usar o molde padrão de todos os blogueiros que é a recepção e envio de mensagens. Isto me surpreendeu e satisfez.

Agora me retiro por uns dias; fica para trás uma Alda e voltará em breve outra Alda.

Desejo a paz de Cristo para todos.

Obrigada a todos e até breve.

Por Alda Inacio

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.