01 fevereiro 2011

Datena e a realidade brasileira

Pode-se dizer que um país que tem um Datena como este nosso do programa Brasil Urgente não precisa nem de Crítica nem de Denúncia. Ele conta tudo. Mostra o lado podre do Brasil e nem por isto o Brasil acerta o passo. Nem botando o dedo na ferida nada muda.
Novos ocupantes no Planalto e daqui a 4 anos os senhores me dirão se algo mudou. Muda sim! Nos meses de campanha eleitoral. Nestes meses os candidatos pintam com cores muito coloridas e alegres um Brasil que ninguém viu e com o qual todos sonham e mais de 50% da população acredita e vota neles.
Logo que passam as eleições a gente cai na real olhando a mídia e lá está o mesmo Brasil miserável e caído. Um Brasil onde a população está morrendo nas filas dos hospitais. Crianças morrendo sem atendimento. Idosos sem lar de idosos. Sem falar nos bandidos nas ruas e o povo tracado dentro de casa. Bandidos que não vão para a cadeia por falta de cadeia. E dinheiro tem! Claro que tem! Lá se foram duas remessas no governo passado enviadas como empréstimo ao FMI. Provando que o Brasil tem dinheiro e continua mal empregado.

Pior de tudo é que ninguém diz nada, ninguém vírgula, tem os Datenas da vida que passam as tardes gritando na TV, mostrando a miséria brasileira e passa o tempo, passam os governos e tudo se repete, nada muda mas os políticos afirmam que tudo mudou. Será que o povo só vê Jornal Nacional? Ali também mostra uma face desoladora do Brasil, mais amenizada, mas mostra. E assim, de ilusão em ilusão, o povo vai acreditano que  temos um Brasil melhor. Talvez até tenhamos em alguns pontos. Já houve época bem pior. Apenas esta mania de comer rato e arrotar peru é que nunca muda no povo brasileiro. Pinceladas de cá, pinceladas de lá e olha um Brasil arco-iris bem na véspera das eleições. Agora, vai assistir Datena e veja a verdade nua e crua. Ele explora a desgraça alheia? Dizem isto sim! Para muitos que gostam de ilusão, é melhor tapar o sol com a peneira. Para quem gosta da verdade, assista Datena, TV bandeirantes nas tardes ensolaradas do nosso país tropical.
Por Alda Inacio 

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.