28 março 2011

Para que serve fé, Cristo no mundo, igrejas...O que Deus quer com isto?

Aqui se revela uma grande pecadora, que nunca mereceu o amor de Deus e, portanto recebeu este amor e tem recebido em abundância e junto com este amor tem vindo o aprendizado que outrora (em 1981 na minha conversão) assim intenso não foi. Hoje, cada dia levanto meu pensamento para Deus e digo a Ele que não sou merecedora  desta nova chance junto a Ele. E cada dia Ele vem falar comigo e me revela mais coisas do que eu jamais poderia imaginar compreender.

Lembro-me que em 2007, quando eu ainda não pensava embarcar para a Europa, fui acometida de uma sequência de sonhos nos quais eu voava. Estes sonhos duraram alguns meses. Tinham intervalos de uma semana, duas, três e as vezes vinham noites após noites. E o incrível é que os voos aconteciam progressivamente. No primeiro dia eu voei dentro de casa e caí, sem conseguir ir mais além. No segundo dia eu voei no quintal da casa e sucessivamente na rua onde eu morava, depois sobre o bairro e sobre a cidade. Eram voos tão reais que quando eu acordava tinha vontade de dormir de novo para continuar o sonho. Eu acordava e contava para meus filhos e ao esposo José. Os sonhos eram incentivados por uma voz que não era bem explicada ao meu entender. Era um comando que a mim parecia voz e não sabia de onde vinha.

Na sequência destes sonhos, o que mais me impressionou foi quando eu consegui voar altíssimo, vendo a cidade lá abaixo e um frio na barriga me acometeu e comecei  a cair. Logo veio a voz, se é que pode-se assim dizer e me deu segurança para continuar voando. Lembro-me que no último sonho eu voei muito alto e cheguei diante de uma cidade sobre as nuvens e ao perceber que cidade era aquela, senti um gozo tão intenso que num lapso de um segundo eu tentei dizer "não quero mais voltar pra terra" e neste instante eu acordei. Foi o último sonho.

Naquela época eu não entendi aqueles sonhos e como meses depois tomei a decisão de partir para a Europa, onde acabei vivendo mais de 12 anos, concluí que o sonho de voar era um aviso de Deus sobre a virada que minha vida iria dar. Realmente eu tive que ser treinada gradativamente para viver as dificuldades que vivi na Europa e tudo parecia com o treinamento de voo nos sonhos.

Um dia lá morando voltei a sonhar que estava voando e quando acordei Deus falou ao meu coração sobre a realidade daqueles sonhos. Lembro-me que neste novo sonho, já passados uns dois anos daqueles outros, eu tinha desaprendido de voar  e cheguei a pensar "será que os sonhos vão continuar na mesma sequência do aprendizado anterior?" Mas foi um sonho só e desta vez  Deus revelou ao meu  coração que  os sonhos eram um aprendizado da fé que eu devia ter Nele.  O frio na barriga era quando minha fé diminuía.

Hoje de volta a igreja, sinto a voz de Deus ensinando-me sobre espiritualidade, fé, Cristo, igrejas e sei que o ensinamento Dele naqueles sonhos, tanto quanto hoje, é para dar-me segurança na fé. Todo este conjunto de coisas, fé, a vinda de Cristo, os ensinamentos nos templos, são para fortalecer o povo de Deus, a verdadeira igreja de Cristo para a batalha. Sim! Estamos em guerra. E não é física, é espiritual. Todos unidos numa só voz, num só comando: JESUS CRISTO. Deus está preparando aqui na terra este grupo espalhado em tantas igrejas (templos, denominações religiosas): Batista, Assembleia de Deus, Igreja da Graça, do Amor, Renascer, do Véu, Pentecostal, Reformada e tantas outras. Todas  igrejas de Cristo, e nestas denominações, cada um destes pequeninos como eu, estão em guerra. É esta a intenção de Deus. Que façamos guerra contra o pecado e vençamos o pecado, pago tão caro por Jesus na cruz. Nossa luta é contra as ciladas do inimigo de Deus, o diabo, como explica o capítulo 6 de Efésios:

Efésios 6 vers.  11 e 12 - Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo;  pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniquidade nas regiões celestes.

Paz do Senhor.
Por Alda Inacio

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.