02 maio 2011

A morte de Bin Laden

Hoje, 2 de maio de 2011 é um dia memorável nos Estados Unidos e porque não dizer em boa parte do mundo. Todos nós sofremos juntamente com o povo dos  Estados Unidos as dolorosas ocorrências de 11 e Setembro de 2001, quando vários atentados ocorreram ali, sendo o mais grave o choque dos dois aviões contra as torres gêmeas do World Trade Center. Ontem, por volta da meia noite, o presidente americano foi a TV para anunciar a morte do terrorista Bin Laden, dando vazão a uma expectativa aguardada durante 10 anos. Na mesma hora o povo americano foi para as ruas comemorar e o que vimos agora pela manhã foi uma reação do povo nas ruas maior do que ocorreria numa copa do mundo. Foi um estravazamento de alegria desmesurada. Afinal, aquelas vidas ceifadas na inocência foram vingadas.

Para o mundo, esta morte pode ser comparada à morte de Hitler, talvez à morte de Stalin; é como se houvesse morrido  o próprio diabo.  E agora passa-se a fazer exames de DNA para ver se realmente foi ele mesmo morto nesta invasão feita pelos americanos à fortaleza onde o Bin Laden se escondia no Paquistão.

Segundo o governo norte americano foi morto com ele um filho adulto, um guarda costas e uma mulher que serviu de escudo na hora do ataque. Dizem as informações que o corpo de Bin Laden foi jogado ao mar para evitar que, ao enterrá-lo vire objeto de peregrinação.

PS - Incrível como os seres humanos conhecem-se a si mesmo a ponto de saber da tendência do povo para  idolatrar santo;  no caso de Bin Laden, aconteceria o mesmo; ele acabaria sendo santificado por seus súditos que fariam peregrinação a seu túmulo

O ser humano sabe disto e apesar de saber ignora os mandamentos de Deus, deste Deus único e verdadeiro,  que pede para si a exclusividade do nosso amor e dedicação, para que não nos curvemos às imagens feitas de barro e a nenhum outro deus. E os humanos continuam cegos e surdos, canonizando homens, adorando santos e dedicando a eles bênçãos, sobre as quais só Deus devia  receber agradecimento. Que Deus tenha piedade destes, e de nós também.

Paz do Senhor
Por Alda Inacio

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.