10 fevereiro 2014

O retrocesso no caminho estreito

Está aí um assunto que acontece  na vida de todo o crente: o retrocesso, o cair. Amados, seria tão bom vir aqui falar de fortaleza, vitórias e seriam palavras bonitas, mas fora da realidade das nossas vidas. A palavra de Deus em I Coríntios 10:12 diz: Aquele pois, que cuida estar em pé, olhe não caia. 

O cair é uma dura realidade. Basta estar em pé para cairmos e este "cair" se refere a dar um retrocesso no caminho em direção ao alvo que é Cristo. Nossa meta é chegarmos à perfeição de Cristo, sabendo  dizer não à tentação, dizer não aos convites que a vida nos faz e faz à carne, pois esta é fraca e cede.

As vezes, levamos anos preparando o caminho em direção à Cristo. Um caminho estreito, difícil, cheio de imprevistos aos quais temos que dizer sim ou não diariamente. Percorremos este caminho com dificuldade, de tão estreito que ele é, e num  dado momento encontramos um desvio mais largo, como um convite para sairmos na tangente e entramos naquele caminho e começamos a trilhar com um pouco mais de espaço, sem nos darmos conta que o caminho vai fazendo uma curva e a curva vai ficando mais acentuada e quando nos damos conta estamos voltando ao ponto de partida.

A tangente, isto é, o desvio na estrada  é uma armadilha do diabo para confundir nossa vida e desviar-nos do alvo. E se não nos dermos conta a tempo, no sentido de voltar para o caminho reto, perdemos completamente a meta que é Jesus e perdendo a meta perdemos a salvação.

Aquele que é salvo verdadeiramente não está livre da queda, do desvio do caminho, que se mostra convidativo, sorridente e alegre, com placas de marketing no percurso, onde se pode ler "vem por aqui, este caminho é mais alegre e não te desviará da meta, pode confiar". E lá vai o crente, por mais fiel que ele seja, lá vai ele para o desvio, o retrocesso. 

Acorda irmão. Acorda a tempo de voltar para o caminho estreito. É só ali que podes chegar ao alvo. Palavras de quem? Do Espírito Santo. Ele fala contigo de mil maneiras e você ouve, ou fecha os ouvidos. Ele desvenda o mistério, te alerta e você só tem que ficar atento ao que diz o Espírito.


Abra os ouvidos e o coração para ouvir as palavras do Espírito Santo, irmão. O caminho da salvação não tem desvios. Ele é reto e você só consegue trilhá-lo se tiver nas mãos e no coração a Palavra de Deus e ouvidos e olhos atentos para reconhecer as emboscadas do caminho.


Não entre em emboscada irmão. Elas só tem uma intenção: te desviar do alvo.


Fiquem na paz do Senhor Jesus.

Abraço.
Por Alda Inacio

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.