03 março 2014

Jesus se sujeitará ao Pai - I Coríntios 15:28

Após alguns dias de preocupações sobre o estudo da Palavra de Deus e chegou a bonança e para mim bonança é compreender mais a fundo as coisas de Deus. E foi o novo pastor quem me ajudou a clarear uma questão que vinha me incomodando faziam alguns anos. Minha igreja está de pastor novo, após mais de um ano sem pastor, enfim Deus enviou seu servo e ontem foi ele quem pregou. O pastor Ananias é um homem sábio. Ontem, após o culto, eu pude levar a ele a questão que vinha me entristecendo. Eu havia tentado esclarecer a questão com várias pessoas e quanto mais eu tentava pior a situação ficava. Pode acreditar meu irmão, algumas das mais intrínsecas questões bíblicas eu levei anos para aprender e não  tenho vergonha de dizer. É melhor  reconhecer fraquezas do que arrotar falsa sabedoria.

 O assunto era "o fim dos tempos", compreender a sequência da vida do início ao fim. Até onde a nossa evolução espiritual vai nos levar? Com certeza nós seguimos uma evolução espiritual e Deus tem uma finalidade com tudo isto, mas qual? Eu já havia escrito aqui no blog um texto sobre o assunto, onde eu toquei levemente a questão com o título "Qual o sentido da vida"?

O texto que me prendeu por longos anos em estudo foi o versículo I Coríntios 15:28 onde diz: "Quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.

Eis onde eu havia parado e durante mais de dois anos estudado para compreender o sentido da vida. A conclusão foi pessoal e muito simples: Um dia Jesus desaparecerá, no dia em que Deus alcançar a plenitude em nós. Depois disso dei o assunto por encerrado mas levei a questão para um e outro pois queria ver se havia consenso, afim de que eu não me sentisse meio maluca ao concluir esta grave afirmação e a última vez que tentei achar consenso no assunto foi numa reunião da MCA da minha igreja e o resultado foi uma reprovação  sem reação da minha parte. Eu fiquei chocada e não podia reagir pois até ali eu percebi que o Espírito Santo tinha esclarecido algo para mim e não para os irmãos. Eu me calei para não discutir com as irmãs e me achei uma verdadeira maluca. Este sentimento tomou forma grave me levando à depressão por longos dias. Mas eu não parei de orar e pedir claridade a Deus.

Então neste domingo último entrou o novo pastor de nome Ananias, e no meio da sua pregação ele falou sobre a nossa futura Vida Eterna com Cristo. Mas do jeito que ele falou é que despertou em mim a questão ainda não adormecida. Ele não disse Vida Eterna com Cristo, ele disse "Viveremos eternamente com Cristo" o que muda todo o sentido das questões todas. 

Eu esperei o fim do culto e fui falar gentilmente com o pastor e pedi a ele que me mostrasse na Bíblia onde está escrito que nós passaremos a eternidade com Jesus Cristo e ele me disse que não está escrito. Foi quando eu pude dizer ao pastor o conteúdo da minha questão e ouvi dele a resposta que resumo abaixo:

A irmã sabe que nós temos a Trindade, pois assim que formos rebatados estaremos com  Cristo no céu e a partir desse momento o Espírito Santo já não terá mais ação entre nós, pois o próprio Cristo nos conduzirá. Posterior a isso teremos alcançado a plenitude da vida espiritual e Deus será uno, não teremos mais Jesus, o seu papel entre nós estará completo, ele se sujeitará ao pai e o pai, Deus todo poderoso, será tudo em todos.

Eis aí a questão completa, a intenção de Deus para o fim de todas as coisas e o meu coração simples e em busca de aprender mais e mais da Palavra de Deus voltou a ter paz e alegria. É importante conhecer a palavra, a Bíblia, onde tudo está escrito, basta que queiramos aprender. Leia a Bíblia e você aprenderá coisas incríveis e valiosas.

Paz no Senhor Jesus a todos.
Por Alda Inacio

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.