12 março 2015

Você pode ver a mão de Deus agindo

As vezes é complicado testemunhar de nós mesmos, no entanto, quando conseguimos fazer isto podemos passar aos outros um exemplo das coisas boas que vivenciamos com nosso Deus, o Senhor dos exércitos, o criador. E entre tantas vivências, uma  que sempre me preocupou é a luta que travamos em certos momentos da nossa vida quando parece que Deus nos abandonou. Percebemos claramente o silêncio de Deus e alguns chegam a esmorecer, desanimar nestes tempos de provações.

Mas, Deus não deixa acontecer nada na nossa vida sem que Ele tenha visto o resultado antes, e sempre, pode ter certeza, sempre podemos tirar bons resultados, bons aprendizados nas dificuldades que passamos e sempre elas têm a finalidade de nos unir mais com nosso criador. Eu aprendi a ver a mão de Deus agindo e  você pode ver a mão de Deus mexendo em sua vida. Ele pode mostrar isto a você e para mostrar como isto é possível vou dar um testemunho pessoal, recente, da mão de Deus em minha vida.

Não vou falar aqui de teoria da prosperidade, mas de bênção pessoal. Eu vinha pedindo a Deus uma solução para minha vida financeira fazia mais ou menos um ano, dado que eu tenho duas pequenas casas de aluguel e o dim-dim que entrava era pouco. A minha insatisfação ocupava longas horas do meu dia e noite e eu orava mas não conseguia tomar nenhuma decisão para mudar a situação e isto afetou minha vida espiritual. Eu perdia mais tempo com minha insatisfação do que com a obra de Deus que foi se complicando. O inimigo não conseguia me pegar no pecado porque eu vivia uma vida íntegra diante de Deus, então ele usou pessoas fracas que conviviam ao meu redor para jogá-las contra mim. Eu suportei de pé tudo o que veio e para complicar mais a situação, minhas duas casas ficaram desocupadas no mês de novembro. 
Eu clamei muito a Deus sem entender o que estava acontecendo. Entrou dezembro na mesma. Janeiro na mesma e no meio do clamor eu dizia "Senhor, eu sei que o Senhor não está me punindo, eu sei que algo de bom virá, eu confio no Senhor e sei que o Senhor me mostrará no fim de tudo o que foi que aconteceu e o porquê de tudo isto".
 Entrou o mês de Fevereiro eu percebi que devia voltar a ativa, trabalhar e foi o que fiz; ainda sou muito forte para o trabalho. Deus já tinha o trabalho preparado para mim e na semana posterior a entrada no novo emprego aluguei minhas casas como num passe de mágica.

Chegou o domingo seguinte,  eu estava dentro do carro indo para a igreja, estava ouvindo músicas evangélicas, quando num dado momento abriu-se diante de mim o resumo claro da ação do Senhor na minha vida desde novembro. O Senhor permitiu todo o complexo problema, virou do avesso minha vida, travou a possibilidade de alugar minhas casas para que eu fosse buscar o emprego. Eu ali dentro do carro vendo a recente retrospectiva da minha vida, vendo a mão de Deus fechando portas pequenas, abrindo portas grandes e hoje estamos em março e tudo está no prumo, a tempestade passou, como Jesus no barco em meio a tempestade....  e eu ali no carro só tinha uma coisa a fazer: chorar de emoção. Foi forte meu irmão, foi muito forte a emoção.

Este é o nosso Pai; poderoso para mudar a nossa vida em todos os sentidos, amoroso, bondoso, ajudador, misericordioso e tudo de bom. Ele testou a minha fé. A minha fé foi provada e tenho certeza que foi aprovada por Ele. eu aguentei os 4 meses de tempestade confiada no Senhor e ele confirmou a minha fé. recolocou tudo no lugar e além de tudo me deixou ver o porquê de tudo.

Que Deus possa testar a tua fé e aprová-la, assim ele tem liberdade em nossas vidas para tirar e colocar coisas, arrumar, conduzir, organizar afim de nos proporcionar mais felicidade, sendo que o resultado é de mais união e amor entre Ele e nós.

Grande abraço e grande bênçãos em tua vida.

Por alda Inacio








Um comentário:

Anônimo disse...

Muito lindo o que Deus faz para os que o amam e confiam no seu poder. Gostaria de ter tido mais fé em muitos momentos da minha vida, queria ser aprovada. Que Deus te abençoe mais e mais e te dê sabedoria para escrever textos que edificam. Ontem comentei novamente em um de seus posts, aguardo uma resposta inspirada por Deus. Estou ansiosa para receber o perdão de Deus. A paz querida irmã! A propósito, pode me chamar de Jô.

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.