01 julho 2015

Quando será o milênio?

As vezes alguns assuntos delicados como este que eu vou tratar hoje me enche de tamanha tristeza, uma tristeza tão grande que me invade quase impossibilitando as leituras que faço em busca de compreender estes assuntos. 
Eu tenho olhado para a igreja de hoje e as vezes me dá esta grande tristeza ao ver que a igreja Cristã, isto é, as igrejas de Cristo na terra, porque são muitas denominações diferentes, elas não compreenderam o momento que vivemos desde que Cristo subiu aos céus. Elas não entenderam que Jesus enviou o Espírito Santo, Espírito de Deus para reinar entre nós. Nós vivemos desde então  o milênio que Apocalipse fala.  O Senhor reina. Ele vive em nós. 
Veja comigo esta explanação : nós vivemos exatamente em um mundo dividido em dois. De um lado o mundo das trevas, carnal, secular, sem Cristo. Este lado do mundo apenas experimenta um pouquinho da luz que vem do outro lado do mundo. Estas pessoas deste lado do mundo seguem em diferentes direções. Diferentes crenças e há o outro lado do mundo. Que lado é este outro? O outro lado é o dos crentes de várias igrejas diferentes. Todas elas filhas da promessa. Pessoas que seguem numa única direção. Todas esperam seu Salvador que em breve voltará.

Estes dois mundos diferentes tem uma porta aberta entre eles que permite que pessoas passem de um lado para o outro. Umas passam para o lado da luz e outras passam para o lado das trevas.

Eu  procurei muitas leituras de diversas religiões cristãs para ver se alguma delas pensa como eu sobre este ponto de difícil interpretação. Eu vi que poucos pastores acreditam e tem coragem de afirmar que nós  vivemos o milênio. Eu copiei este texto abaixo da Igreja Luterana.

O milênio não deve ser entendido literalmente. O número 1000 é simbólico. Ele representa o tempo compreendido entre a ascensão e a próxima vinda de Cristo. Desta forma, o milênio não é algo que esperamos, mas é algo que estamos vivendo. Nesse período, Cristo está reinando veladamente, é verdade, mas está reinando de fato. É o reinado da cruz, mas vitorioso. É o tempo em que a Igreja sofre, mas vence; é martirizada, mas está viva em Cristo. Antes do final deste período, ou um pouco antes do juízo, o diabo terá autorização para um último e desesperado assalto. Não sabemos quanto tempo durará essa liberdade do diabo, mas terá um tempo curto, se comparado com o período entre a ascensão e o juízo. Será, sem duvida, um tempo de grandes dificuldades. Luterana 

Eu pessoalmente peço mil perdões a você que leu este texto e não concorda que estamos vivendo o milênio. Eu me coloco humildemente diante de você com toda a minha tristeza de hoje para te dizer mais isto: olha para a cruz. Aquilo foi um marco divisório. Ele partiu prometendo voltar. Ele se despiu da carne e assumiu um corpo incorruptível e para não nos deixar só colocou seu Espírito dentro de nós. Nós somos a igreja. Eu sou a igreja. Você que tem a Salvação é a igreja. Este é o reino do Senhor Jesus na terra. Negar isto é desmoralizar com a presença de Cristo dentro de você. Ele está em mim. Ele está em você. Nós todos juntos compomos o reino de Cristo na terra.

Que a misericórdia de Deus esteja com todos nós e nos perdoe a nossa dificuldade em compreender a magnitude da obra do Senhor e da Palavra do Senhor.

Abraço em Cristo.

Por Alda Inácio



Postar um comentário
Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.