01 março 2018

O espinho na carne de Paulo e o nosso orgulho

Paulo revelou um espinho na carne e hoje justamente hoje, dia em que minhas emoções foram bem além do normal em louvor ao meu Deus, porque recebi a carta de concessão da minha aposentadoria me veio em mente o versículo de Paulo.

2 Corintios de 7 a 9
..para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar, acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.

Eu confiei no Senhor durante todo o ano de 2017 em oração,  para que nosso Presidente Temer não assinasse a Reforma da Previdência da forma primeira, com 25 anos de carência. Eu só posso provar 15 anos e hoje chegou esta carta. E no meio de tanto  louvor e lágrimas de alegria me passou na mente o espinho na carne de Paulo. Quem já chegou junto ao Pai em meio ao recebimento de uma grande bênção, estando você em perfeita comunhão com  Deus, me entenderá.

Naquele momento, eu louvava, agradecia e chorava de alegria quando me passou pela cabeça o jejum oferecido durante o ano de 2017 e parecia que eu estava orgulhosa de mim mesma, no fundo de mim mesma eu dizia "puxa fiz tudo direitinho, fui digna, fiz jejum, clamei, até que eu merecia receber a bênção". Então me veio a mente as palavras de Paulo para  refrescar meus ânimos, pois por mais santificados que estejamos, nunca seremos merecedores de nada por mérito próprio. Ele, nosso Deus é quem tem o mérito, foi sua luta contra a aprovação da reforma da previdência, caso aparentemente quase perdido no início de 2017. Não conseguíamos ver a luz no fim do túnel. E a luta durou o ano inteiro e eu confiando e orando e meu Pai confirmou sua força e vencemos a batalha. 

Quando Paulo reclama com Deus que lhe incomodava um espinho na carne que não sabemos o que era, talvez um desejo reprimido, pensamentos de tormentos que ele não suportava e pediu a Deus que lhe tirasse e Deus lhe respondeu a frase mais linda que eu já li "A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo". E assim, com este pensamento me devolveu a humildade, me vi uma pobre mulher real, perdoada dos erros passados e abençoada por este Deus que me ensina o meu lugar de adoradora sem me exaltar, porque nele eu posso tudo, e a graça e a bondade é Dele para comigo. Que Pai maravilhoso! Tua bondade me constrange. Te adoro Senhor.

É bom saber o nosso lugar, sem exaltação, sem orgulho, entregando nossa adoração ao Deus que tudo pode e que tudo faz pelos seus filhos escolhidos e sem palavras me coloco de joelhos diante de ti, meu amado, para que os ensinamentos bíblicos estejam presentes em meu coração apenas para crescimento espiritual e com estes ensinamentos eu poderei  conhecê-lo um pouco mais.

Paz e  alegrias no Senhor a todos.

Por Alda Inácio




Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre!