11 maio 2018

A oração que agrada a Deus


Precisamos ter certeza de que as nossas orações estão em linha com a vontade de Deus. "E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito" (1 João 5:14-15). Orar de acordo com a vontade de Deus é em sua essência orar de acordo com o que Ele quer, e podemos ver a vontade revelada de Deus através das Escrituras. E se não sabemos o que orar, Paulo recorda-nos que, como filhos de Deus, podemos confiar no Espírito Santo para interceder por nós, pois "segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos" (Romanos 8:27). E uma vez que o Espírito de Deus conhece a mente de Deus, a oração do Espírito Santo está sempre em sintonia com a vontade do Pai.

Além disso, a oração é algo que os crentes devem fazer "sem cessar" (1 Tessalonicenses 5:17). Em Lucas 18:1, por exemplo, somos instruídos a orar com persistência e "nunca esmorecer." Além disso, quando apresentamos os nossos pedidos a Deus, devemos orar com fé (Tiago 1:5, Marcos 11:22 - 24), com ação de graças (Filipenses 4:6), com um espírito de perdão para com os outros (Marcos 11:25), no nome de Cristo (João 14:13-14) e, como dito acima, com um coração que é certo com Deus (Tiago 5:16). É a força da nossa fé, e não a duração de nossas orações, que agrada Aquele a quem oramos, de modo que não precisamos impressionar a Deus com a nossa eloquência ou inteligência. Afinal, Deus sabe quais são as nossas necessidades antes mesmo de pedirmos (Mateus 6:8).

Além disso, devemos ter certeza de que não temos pecado não confessado em nossos corações quando oramos, pois isso certamente seria um impedimento para a oração eficaz. "Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça" (Isaías 59:2, Salmo 66:18). Felizmente, "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça" (1 João 1:9).

Uma outra barreira para uma comunicação eficaz com Deus é orar com desejos egoístas e motivos errados. "pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres" (Tiago 4:3). Rejeitar o chamado de Deus ou ignorar o Seu conselho (Provérbios 1:24-28), adorar ídolos (Jeremias 11:11-14) ou recusar-se a escutar o clamor dos pobres (Provérbios 21:13) servem como obstáculos adicionais para uma vida de oração eficaz.


Deus abençoe a todos em nome de Jesus.
https://www.gotquestions.org/Portugues/oracao-eficaz.html

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre!