17 junho 2022

Doutrinas assustadoras sendo pregadas nas igrejas

 Olá amigos, paz do Senhor e bem-vindos.

Vamos falar das nossas aflições e dos males que passamos nessa terra e conforme as palavras de Jesus: Mateus 5 - 11 e 12

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.

Posso afirmar a você que o melhor de tudo que você possa escolher na sua vida é a salvação em Jesus Cristo, o melhor do melhor e isso vai lhe colocar em alguma igreja, naturalmente. Aconselho a você a nunca sair da sua igreja, porque os tempos andam difíceis e as pessoas muito mais difíceis ainda. Se tentar procurar uma igreja melhor para você, eu garanto que você vai se dar mal, pela razão seguinte: não há um acolhimento saudável capaz de substituir a casa mãe, onde você foi convertido. Cantam "visitante seja bem-vindo" mas isso é só uma canção. 

Não se espante, isso não faz das pessoas pecadoras, o motivo é outro. Um novato tem que ser doutrinado e ele já trás uma doutrina da igreja onde foi batizado, ou convertido. Por outro lado, há uma diferença enorme de doutrina de uma igreja para outra. Aparentemente toda igreja evangélica é igual, todas esperam a volta de Jesus, mas têm práticas doutrinais assustadoras em algumas. Vou citar o que ouvi de amigos: A igreja Batista é vista pelos pentecostais como uma igreja morta, sem fogo do espírito. Outro falou da prática das neopentecostais de limpeza de espírito e todo culto vai aquele monte de gente para a frente do púlpito, apagam a luz e ficam todos gemendo e chorando, exemplo da igreja Luz para os povos. Já as Assembleias de Deus, se você for visitante e não conhece o "batismo do Espírito Santo" vai levar um susto. É convidado um pastor para pregar e começa o chamado "Fala línguas igreja" enquanto o pastor repete e repete exaustivamente a igreja murmura. Eles dizem que isso é o som de muitas águas. É uma cena bem assustadora, se você vê pela primeira vez. Lembrando que em Pentecostes não ocorreu assim, foi algo espontâneo, leia abaixo: Atos 2-de 1 a 4

E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.

Mas, note bem que esse povo todo é amado de Deus; o povo de Deus está distribuído em todas as igrejas evangélicas e as diferenças entre elas se encaixam no texto de Romanos 14. Lá, Deus explica que uns fazem diferença entre dias e dias, em referência podemos tomar os Adventistas santificando o sábado e dizendo, como dizem que o sábado é a marca da salvação. Deus fala que o fazem por amor a Deus, outros guardam o domingo e o fazem por amor a Deus. Uns comem carne por amor a Deus, outros não comem por amor a Deus. Eu tenho um amor enorme por esse texto de Romanos 14. Ele serve para nos colocar no devido lugar.

O que percebi nesses anos de conversão é que o melhor é você nunca sair da sua igreja raiz, ali onde você se batizou. E sabemos que se forçarmos uma mudança poderemos ser taxados de injúrias, conforme os versículos de Mateus acima. E já vi crente guardar no peito raiz de amargura contra outros irmãos por causa de doutrina. Isso é o pior que pode acontecer ao tentar criticar práticas estranhas de outra igreja. Já aconteceu comigo e o que eu fiz? Liguei para o irmão e mostrei a minha paz. Também passei a orar por ele. Nunca guarde raiz de amargura.

As diferenças de doutrinas são pontos delicados e mesmo Spurgeon sofreu com isso e teve que abandonar a igreja em sua época, lá em Londres. Ele percebeu que os pregadores pregavam falsa doutrina e ao se revoltar contra isso foi criticado e isso agravou a depressão que vinha se instalando nele.

Hoje, nós estamos em situação pior do que Spurgion sentiu naquele tempo, hoje os pregadores podem pregar a vontade falsas doutrinas porque o povo de Deus não sabe discernir entre uma verdadeira e uma falsa doutrina. Triste isso, portanto amado irmão, visitante, estude a Bíblia e fique em paz.

Que Deus o ilumine e guarde.
Por Alda Inácio




Um comentário:

Paulo disse...

Só Deus para iluminar a nossa mente realmente, precisamos estar atentos e vigilantes.

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre!