17 junho 2012

Os três tipos de morte: física, espiritual e eterna

Bendigo o nome de Deus por dar-me claridade nestes estudos que assiduamente tenho feito, à luz da Bíblia, com afinco e com amor, mais que tudo com ajuda do Espírito Santo.
A morte não é um assunto que a maioria das pessoa querem discorrer,  há um terror medonho sobre ela e com razão, uma vez que não tem volta. Pelo menos é assim que o assunto passa pelas cabeças humanas em geral. No entanto é bom deixar claro que não existe uma única morte. Sob o ponto de vista bíblico a morte se divide em três categorias bem claras, pelo menos claras para mim que estudo  escatologia de uma forma até mesmo apaixonada.

morte física, a mais comum, a que todo mundo conhece, não precisa de muita explicação para entendê-la. É a morte da carne. Morreu, acabou ali o indivíduo. Aliás, é o fim de todos nós e sem volta a menos que... aí entra a questão da salvação, caso o indivíduo tenha se entregado a Cristo em vida, seu corpo vai ser resgatado por Cristo na sua volta e receber a vida eterna.

Em segundo  a morte espiritual, considerando-se  que parte da humanidade nem sequer admite que temos um espírito. A Bíblia é clara sobre a morte espiritual:  é o indivíduo longe da comunhão com Deus. O indivíduo tendo como muro de separação para com Deus "o pecado". Só isto. Um exemplo  bíblico de morte espiritual está em Gênesis 3:23 e 24, na expulsão de Adão e Eva do paraiso. Ali houve o pecado e a separação de Deus. Hoje, metade da humanidade está afastada de Deus, portanto morta espiritualmente.  Mas esta é uma morte reversível. Se, ainda em vida, o indivíduo vier a Cristo, religa-se o homem a Deus e ele passa a viver e pode obter a vida eterna.

Em terceiro vamos ver a mais terrível de todas as mortes, a morte eterna; e meu camarada, se mais da metade da humanidade está condenada à morte eterna, imagine você o tamanho da catástrofe. Morte eterna não tem retorno. Ela acontece quando o indivíduo morre sem ter recebido a salvação. Aí para compensar este fato a humanidade inventou alternativas, por exemplo budismo, onde você tem várias vidas, até um estado intermediário entre uma vida e outra, inventou o espiritismo, onde o indivíduo reencarna, nasce de novo na busca pela perfeição espiritual.

É interessante e triste ver as alternativas que o ser humano tenta encontrar para compensar a morte eterna, e  morte espiritual. Ou o indivíduo segue os ensinamentos bíblicos, ou acaba adentrando numa alternativa, mergulhando em  filosofias da mente, filosofias do prazer (Carpe diem), agnosticismo e outros "ismos" da vida.
Comprovado está que existem um vazio na mente humana e este vazio, nós os crentes entendemos que é a falta de Deus no homem. Só Deus deveria preencher este vazio. Na falta da presença de Deus, o indivíduo preenche este espaço de qualquer maneira com algo que nutra seu espírito. Este vazio é desesperador, insuportável e aqueles que tem este espaço preenchido pelas promessas de Cristo, tem paz, segurança e certeza que nenhuma morte poderá os destruir. Eu tenho Cristo na minha vida como meu único Salvador e você?

Paz do Senhor a todos.

Por Alda Inácio


Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.