07 fevereiro 2020

De que modo Deus te conhece?

                
A nossa inocência diante da Palavra de Deus chega a ser ignorância, eu não quero usar este termo, prefiro nossa simplicidade, ou falta de estudar a Palavra para conhecer mais a Deus. Nós nos apegamos a estudos prontos feitos por Calvino, Agostinho e outros estudiosos da Bíblia ( nao recuso, sao maravilhosos) mas, conhecer a Deus é um caminho contínuo e vem do estudo da Palavra. Quanto mais procuramos conhecer, mais ele se deixa conhecer.

Vamos ver  como você imagina que Deus conhece você? As respostas para esta pergunta ouvimos mais ou menos assim:

1 - Deus me conhece porque ele me fez
2 - Deus me conhece porque ele sabe tudo
3 - Deus me conhece porque ele habita em mim

Baseando-nos nestas respostas vamos supor uma situação. Vejamos duas pessoas, digamos que  foram presas  por um crime que elas cometeram. Lá nessa prisão as duas estão isoladas, cada uma sozinha na sua cela. Elas recebem um pastor que prega a Palavra para elas.  Uma aceita a salvação em Jesus Cristo, a outra não aceita. Tempos depois elas são soltas. Lá fora uma delas vive  o evangelho e  retoma seu trabalho, progride e se dá bem na vida feliz e reta. A outra, ao sair da prisão volta a cometer crimes e morre.

Quando estas duas pessoas entraram na prisão, receberam a Palavra e Deus sabia de antemão o fim da vida de cada uma delas. Ele visitou a vida delas antes destes acontecimentos todos. Ele sabia que uma era dele e aceitaria a Palavra da Salvação viveria como justa e a outra não era dele, se perdeu.

Ao chegar o dia do julgamento, Deus vai perguntar aquela pessoa salva “quem é seu advogado” ela vai responder “Jesus Cristo” e a outra não tem advogado. Uma vai para o céu a outra para o inferno. Perceba que duas pessoas estão no mesmo lugar, recebem a mesma oportunidade de salvação. O resultado disso são duas acoes concretas realizadas. Deus conhece somente ações realizadas porque é necessário que, ou para o bem recebe a salvação e tem Jesus como advogado, ou para o mal, recusa a salvação, não tem advogado no julgamento. Ambas as situações são os motivos pelo qual você será salvo ou se perderá. Portanto, Deus não te conhece se não te testar, Deus te conhece porque ele viu  o ato concreto que tu realizastes. Se você não realizar o ato, Deus não te conhece.

Aí vem o terceiro tópico: Deus me conhece porque ele habita em mim.
Este é um fato real que só o salvo tem. Então conclui-se que tudo que você faz após esse Deus (Espírito Santo ) vir habitar em você passa a ser automaticamente do conhecimento dele. Você que tem a salvação pode ter absoluta certeza que Deus te conhece porque ele habita em você.

Aí você me pergunta: sendo assim eu não serei mais testado? Partindo-se desse princípio real de que só nos testando é que Deus nos conhece, mesmo o crente salvo, com nome escrito no Livro da vida deve ser testado, sabe porque? Porque até os anjos  falharam, traíram a Deus e foram jogados juntos com Lúcifer aqui para baixo.

Então todos nós somos testados em tudo, até as provações são testes e os tropeços são resultados negativos, frutos dos descaminhos que nós permitimos em nossas vidas. É necessária a pedra no caminho para que Deus conheça os propósitos dos nossos corações.

Eu sou o Senhor
que sonda o coração
e examina a mente,
para recompensar a cada um
de acordo com a sua conduta,
de acordo com as suas obras."

Jeremias 17:10

Abraço a todos e paz no Senhor Jesus.
Por Alda Inácio


Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre!