03 março 2015

O Dom de línguas hoje

Vamos iniciar este pequeno estudo a partir do versículo I Coríntios 14:4 “O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.”

Eu não quero causar discórdia, mas convenhamos, ao nos referirmos a um versículo bíblico devemos verificar se  não há nenhum outro que o complemente, caso haja, devemos analisar as circunstâncias de cada um, no contexto histórico de quem o escreveu. Claro que a palavra foi escrita pelo Pai, mas a dificuldade de nós entendermos todo o conteúdo é que parte dele envolve costumes de época, ou ensinos para a época e outra parte é abrangente, serve para os nossos dias e dias  futuros.

Ao estudar estes textos devemos observar o seguinte:

Texto copiado do site Gotquestões:
"Seria uma linguagem real e inteligível (I Coríntios 14:10). Seria para o propósito de comunicar a Palavra de Deus com uma pessoa de outra língua (Atos 2:6-12). Estaria de acordo com a ordem dada por Deus através do Apóstolo Paulo: “E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus” (I Coríntios 14:27-28). Estaria também em submissão a I Coríntios 14:33: “Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos. 

Hoje vemos alguns pastores pentecostais falar umas palavras estranhas em meio a uma pregação e chegam a impressionar os leigos. Parece que o pastor disse algo sobrenatural. Eu sinto dizer mas aquelas palavras que parecem lindas não passam de glu-glu-da-da. Elas não têm sentido e só servem para edificar-se a si mesmo. Veja que as palavras "edificar-se a si mesmo" é uma crítica a um ato egoísta do homem. I Coríntios 14:4 “O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.” Veja quanta diferença existe em edificar a si mesmo e edificar a igreja.

Qual o seu propósito pastor, edificar-se a si mesmo quando prega , ou edificar a igreja?

Na verdade eu nunca conheci um intérprete de  língua dos anjos até hoje e isto me soa suspeito. Mas, se numa pregação na China um pastor chinês falar uma frase em português, porque ali também têm pessoas de língua portuguesa, com certeza haverá tradutor de língua portuguesa.

Eu também não conheço nenhuma referência na Bíblia de um anjo falando outra língua, e para que serviria? Os anjos devem ter uma língua deles, mas só serve para usar entre eles. 

Este é um estudo incompleto, apenas para lembrar que nem tudo que sai da boca do homem e que este afirma ser de Deus é de Deus. A mentira não é de Deus. Eu não quero dizer com isto que o dom de línguas é mentira, absolutamente. Ele é um dom de Deus e pode ser muito útil nas circunstâncias certas, por exemplo, uma pessoa com este dom  pode levar a salvação a um estrangeiro diante da morte.

Graça e paz irmãos.

Por Alda Inácio

Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.