20 novembro 2007

CONSELHO CUBANO CONVOCA ELEICÕES CRÍTICAS AO FUTURO DE FIDEL CASTRO

Hoje li esta notícia no jornal sobre a esperada votação a ser realizada dia 20 de janeiro em Cuba, onde o resultado pode tirar a cadeira de Fidel Castro como Presidente de Cuba.
Muito estranha esta notícia, se levarmos em conta que, Presidente ou não, o regime continuará o mesmo, e sozinho ou tocando as rédeas por trás de seu irmão Raul Castro, o velho Fidel será sempre o sonhador dos anos dourados.
Para mim, a revolução fez parte do romantismo do após guerra. Passadas as peripécias da segunda guerra, Cuba e tantos outros países, desfraldaram a bandeira da ideologia romântica e pregaram a igualdade que este mundo cão nunca esteve e nunca estará preparado para ter.
Diante desta realidade, alguns nos perguntarão "como podemos mudar o mundo e acabar com a miséria, se pensamos assim"? A resposta não é tão animadora, pois na verdade, esta realidade não pode ser mudada. Ela está emaranhada na "falta de tempo" . Ninguém tem tempo para fazer nada pelo outro. Ninguém quer fazer nada pelo outro e o máximo que podemos conseguir é melhorar as condições de vida de uns tantos indivíduos, enquanto outros tantos estarão engrossando fileiras que nunca serão extintas. E diante disto devemos nós pararmos? Devemos aderir ao grupo egocêntrico que lava as mãos diante do desespero dos miseráveis? Ou devemos continuar na luta até que se esgote a nossa última gota de suor e sejamos tragados pela massa devoradora das "axes do egocentrismo" atual ?
Ainda sobre as eleições em Cuba os senhores acham que o povo vai votar contra Fidel Castro? Morrerão miseráveis, mas morrerão reafirmando seus ideais libertários. Tenho certeza e sabem por que? Porque a revolução lavou o cérebro daquela pobre gente, como fazem todos que pretendem impor suas idelogias aos incultos. Refiro-me aqui às ideologias dogmáticas, sejam elas políticas, religiosas ou mediáticas. Porque hoje devemos precavermo-nos, até contra a mídia, que nos massifica diariamente. E são tantas as ideologias cegas e com elas tentam cegar a nós que temos visão do real e estamos vacinados contra o poder que emana dos que estão nos pedestais do capitalismo selvagem.
Por Alda Inacio
Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.