30 novembro 2007

O CASO MADDIE MCCANN- UM ERRO A SER CORRIGIDO

Repito aqui o mesmo post qua acabo de colocar no SOS Miséria.

Amigos, a Televisão de Luxemburgo - RTL-TVI acabou neste exato minuto de levar ao ar uma grande reportagem, como se deve, detalhada, onde as pessoas envolvidas no caso do desaparecimento da menina Madaleine em Portugal, puderam falar como tudo se passou. Nada está concluído, ninguém ainda sabe o que aconteceu , mas eu sei de uma coisa agora: os pais não são culpados e nisto eu boto a minha mão no fogo. Eu estou pasmada, de boca aberta e mesmo revoltada com tudo que ouvi. Esta reportagem foi a fundo nos detalhes do dia do rapto desta criança e mostrou toda a dor que estes pais sentiram e estão sentindo com o sumiço da sua criança. Tudo que foi proibido pela polícia divulgar, em relação aos detalhes do rapto, foi mostrado pela RTL nos mínimos detalhes e depois de tudo que acabo de ouvir, venho a público sugerir à Polícia Portuguesa e a mídia que se desculpem com este casal, que se desculpem com a opinião pública mundial, pela maneira que estão ainda hoje levando avante esta investigação.
Peço desculpas aos meus amigos Portugueses, pelo apreço e respeito que tenho por eles, mas, eu não posso me calar. É mosntruoso o que fizeram desde o primeiro momento, desconfiando e acusando este casal, estes pais que cometeram a falta de ir jantar em frente ao apartamento, enquanto os filhos pequenos dormiam. Entre eles e as crianças havia a piscina.
Quem dentre nós não fez isto um dia? Apenas com a diferença que um predrador os observava. Nesta reportagem ouviu-se a testemunha da amiga do casal que viu um homem passando com uma criança nos braços.
Porque esta mulher não contou isto na época?
Resposta: Ela levou algum tempo para ligar a cena aos fatos, já que a desde o início a polícia mandava que cada um calasse a boca, para não atrapalhar as investigações. Como alguém podia falar, se os próprios pais estavam sendo julgados suspeitos desde o primeiro minuto e os amigos também? Era melhor calar a boca antes de ser apontado como suspeito, numa investigação degringolada, atrapalhada, morosa que fixou os olhos nos pais e amigos, para acusá-los e desviou os olhos de procurar o raptor.
E porque esta pessoa resolveu falar agora? Porque ela teve diante dela jornalistas sérios, que se comprometeram a ver os fatos reais e assim ela confiou e contou o que viu.
Eu creio que a verdade ainda vai ser revelada, eu creio que ainda voltarei a falar com os senhores aqui nesta mesma página, sobre o mesmo assunto e peço a Deus pelos pais desta menina; que seus corações saibam perdoar tanta inabilidade vista na investigação deste rapto. Estou horrorizada gente ! Vocês imaginem um bandido fugindo pelas fronteiras, ou sei lá onde com uma menina e a polícia perdendo tempo em acusar os pais?
De uma coisa eu estou certa : os pais são inocentes, podem crer.
Por Ada Inacio
Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre.