01 janeiro 2018

Novo ano, balanço e propósitos

Chegamos ao final de mais um ano no calendário de nossas vidas, mesmo sabendo que os dias são iguais, tem 24 horas, o ano tem 365 dias, porém na virada do ano algo muda no coração das pessoas, principalmente no coração dos crentes evangélicos que estão sempre em busca do crescimento espiritual. Encerramos um ano e abrimos outro cheio de esperanças para novas realizações e renovamos nossa fé em Deus todo poderoso.

O ano de 2017 não foi fácil para mim, eu vinha de um cansaço extremo onde cheguei a pensar "será depressão, ou estress laboral". Decidi, já no final do ano a sair do emprego e no dia dois de dezembro foi meu último dia de trabalho. Vim lutando o ano inteiro para pagar meses de contribuições individuais de anos passados ao INSS para, enfim, poder sonhar com a tão esperada aposentadoria. Confiada no Senhor dei entrada no pedido e tenho certeza que a resposta aguardada para o fim de Janeiro será positiva.

Outras coisas eu havia planejado para o ano de 2017 e todas elas eu consegui realizar e não foi minha realização, foi daquele que está em mim. Ele atuou, Ele fez e Ele tem poder para fazer muito mais em mim e em você.

Eu não sei o que você procura em Deus, eu sei o que eu procuro e não é bens materiais, nem cargo eletivo, muito menos boa posição,ou consagração feita pelas mãos dos homens. (Que Deus abençoe e guarde todos os consagrados). Não quero nada da mão de homens. Eu já recebi o melhor de Deus, a honra de poder fazer a obra. Foi algo entre Ele e eu, não passou pela vontade de ninguém mais, só Dele e isto era tudo que eu precisava para me lançar no trabalho e levar uma palavra de amor às pessoas. Peço sempre a Deus para me abençoar com sabedoria espiritual, isto eu preciso muito.

O que me move em direção ao ano de 2018 é a dedicação total à obra, cá no meu cantinho, em silêncio, trabalhando com o Pai na simplicidade do meu dia-a-dia, sabendo que ele está presente em cada palavra que eu escrevo aqui e em cada linha daquele livrinho O sonho de Deus que continuarei a distribuir, eu e Tu meu Pai, Tu e eu.

Também terei mais tempo para escrever o livro que Deus gravou no meu coração "Onipresença e a escolha dos nomes para o Livro da Vida", não sei quando vou terminar o livro, o tempo é de Deus e vou com calma e determinação até o dia final.

Que Deus encha sua vida e seu coração de amor, precisamos de pessoas amorosas na obra, precisamos de pessoas calmas, dedicadas, acolhedoras e decididas no meio evangélico. Vamos em frente com a paz do Senhor Jesus, fazendo aquilo que Ele espera de nós. Ide pregai o evangelho à toda criatura.

Abraço e Feliz ano Novo.
Por Alda Inacio


Nenhum comentário:

Que Deus acompanhe você em tudo que fizer. Volte sempre!